Infame

“Igual”: a Condição da Mulher no Mundo

Na nossa seção de curadoria deste mês, trazemos o belíssimo curta de Leonardo Brant sobre a questão do feminismo no Brasil de hoje.

Por Leonardo Brant  |  30 de agosto de 2018

NOVOS FEMINISMOS, ANTIGOS DESAFIOS – Criado a partir de uma série de palestras sobre feminismo no Brasil e no mundo atual, IGUAL pretende discutir a condição da mulher, o estágio de desenvolvimento das lutas sociais e os grandes desafios em torno do tema. Com participação de Margareth Rago e Mary Del Priore, entre outros pensadores e ativistas, o filme dirigido por Leonardo Brant traz a performance da atriz Graziela Mantoanelli ao som da ópera Tristão e Isolda, de Richard Wagner, projetando a questão gênero em seu próprio corpo e na vida cotidiana dos grandes centros urbanos.

Ficha técnica:
Direção: Leonardo Brant
Produção Executiva: Claudia Taddei
Argumento: Leonardo Brant
Roteiro: Carlos González Igareda e Daniel Silva
Direção de fotografia: Felipe Cohen
Imagens: Felipe Cohen e Leonardo Brant
Montagem e Finalização: Daniel Silva
Direção de Produção: Anna Paula Paiva
Produção de Set: Mariana Pires
Participação Especial: Graziela Mantoanelli
Estúdio: Miolo das Artes
Produção: Deusdará Filmes
Gestão: ComTato
Apresentação: Instituto CPFL
Patrocínio CPFL Energia
Realização: Ministério da Cultura
Apoio: Lei Federal de Incentivo à Cultura

Leonardo Brant

Leonardo Brant

Leonardo Brant é pesquisador cultural há 25 anos e idealizou as plataformas de conteúdo Cultura e Mercado, Empreendedores Criativos e DocMakers. Atua como diretor-associado da Deusdará Filmes, onde realiza filmes autorais e sob encomenda, para canais de TV, marcas e organizações, para o Brasil e o exterior.